Sonhos sonhados nesses últimos tempos

19 de abril de 2009

Hoje, irei contar alguns sonhos que eu tive há tempos atrás (cinco, no total). Quase todos foram sonhados no ano passado, em 2008, durante o tempo de inatividade das minhas postagens neste blog.

Uma vez, no ano retrasado (eu acho), sonhei logo no início do sono com um bebê numa cadeirinha daquelas onde se dá papinha, então a cabeça do bebê aumentou de tamanho rapidamente e estourou como uma bexiga, e acabei tendo um ataque de riso que me fez acordar do sonho. O sonho foi bastante rápido e parece que eu o sonhei quando eu estava começando a pegar no sono.

No dia 21 de Janeiro de 2008, eu sonhei que a greve dos roteiristas era uma maldição divina ao mundo do cinema causada pelos cachês altíssimos dos atores dos filmes e também dos ganhos absurdos dos profissionais do cinema (cachês e salários milionários) e pela não ajuda destes aos mais necessitados. O sonho terminou com uma musiquinha sinistra. Na época que eu tive esse sonho, era a época da tal greve dos roteiristas, que atrapalhou a exibição de algumas séries na TV paga.

Três dias antes desse sonho, no dia 18, eu sonhei que tava dando na MTV o desenho animado do Renan Calheiros e este, bem como os demais personagens do desenho, inclusive a Mônica Veloso, eram ursos, tais como os do desenho Talespin (antigo desenho animado que eu assistia quando criança). No desenho, o Renan estava sendo julgado por aqueles escândalos que ocorreram na vida real envolvendo-o. E este desenho passava em várias MTVs, cada uma passando uma parte daquele mesmo episódio. Não havia outros canais na TV sem ser essas MTVs, que eram centenas. E eu pensava que o canal que estava passando era a Globo e não a MTV, acho que depois que eu me toquei que era a MTV.

No dia 31 de Março de 2008, sonhei um sonho que teve algumas partes distintas, e na principal delas, eu estava tendo aula com um professor que cortava o cérebro de uma mulher como se fosse um repolho, na pia, com a torneira aberta. E não havia nenhum sangue no crânio da moça. E falavam que o crânio da mulher era sobrenatural e não sei mais o quê. Num determinado momento, o professor saiu e eu peguei a faca e continuei eu mesmo a cortar aquele cérebro, sem nenhum nojo ou constrangimento.

Numa outra parte deste sonho, eu vendi os DVDs do Debian 4.0 para uma filial do Boticário e fiquei com medo de que o cara descobrisse algo ou desconfiasse algo de mim (não me lembro exatamente do que eu tinha medo). Na vida real, eu sou vendedor oficial do Debian GNU/Linux, que está em sua versão 5.0.

Também teve uma parte onde eu andava na rua e via, do outro lado desta, um portal (ou algo do tipo) que dava para ver a cidade de Curitiba um pouco diferente, com mar. Eu acho que cheguei a atravessar o portal e ir à essa Curitiba diferente.

E teve uma outra parte onde a Avril Lavigne estava dormindo no quarto da minha avó e, quando eu a vi, disse em inglês misturado com português que era para eu tomar café da manhã na cozinha. A Avril devia estar fazendo uma visita à minha casa.

No dia 24 de Novembro de 2008, sonhei um sonho de três partes (não me lembro se teve outras além das três que vou contar agora). A primeira parte foi uma parte erótica na qual eu participei de uma suruba com algumas ex-colegas de escola da época do terceiro colegial, e em cima de umas mesas azuis grandonas, que ficavam em um recinto enorme e fechado, tipo um galpão. Só havia eu de homem e o resto eram garotas, tinha uma mais tímida, que participou pouco da suruba, outras eram mais assanhadas, com uma delas sendo a que eu mais me “envolvi”, dando várias “investidas” principalmente nos seios da mesma. Especificamente nesta parte do sonho, eu e todas as garotas tínhamos a idade que a gente tinha na época do terceiro colegial, 17 anos. Não irei citar nomes das participantes dessa parte do sonho para não constranger ninguém.

Nesse mesmo sonho, já com a mesma idade da época que tive o sonho, ganhei um PC com o Windows 7 original, mas ele permaneceu na caixa durante o sonho inteiro. Parece que o PC e o Windows 7 original eram necessários para realizar uma determinada tarefa. Lembrando que o Windows 7 só será lançado provavelmente no fim deste ano.

E também, no mesmo sonho, montei uma conexão com uma espécie de rádio que tocava uma determinada música que eu não sei qual era, mas era uma música que eu gostava muito no sonho, só tocava essa música na rádio, e a antena que eu montei para fazer a conexão com essa rádio consistia em um violão partido ao meio.

Por hoje é só! Até o próximo post deste meu blog!