Mara na cadeia!

Olá, internautas! No post de hoje, eu irei contar o sonho sonhado no domingo passado, dia 13/08/2006. Sonhei que a Mara (aquela que eu a considero como irmã) havia sido presa não sei por qual delito. O sonho começou quando eu fui ver como andava a Mara, pois na vida real já faz semanas que eu não a vejo, e eu estou enrolando para ir na casa dela faz tempo (eu sempre planejo de um dia ir, mas acabo não indo), e fiquei sabendo da prisão dela. Fiquei espantado ao saber do fato, um fato bastante inusitado por sinal, e cheguei a visitá-la na cadeia, que tava mais para calabouço. Ela era a única detenta na cela, cuja parte de cima da grade era circular, em formato parabólico. Tal cela possuía paredes feitas de blocos azuis acinzentados e no interior dela, além da Mara, havia também uma cama e alguns pertences dela. E a Mara estava bastante parecida com a Fernanda Vasconcelos (que fez a Nanda daquela novela do Manoel Carlos), lembrava bastante a Fernanda Vasconcelos. Na vida real, as duas não são parecidas. Posteriormente, fiquei sabendo de que, na academia World Champions, onde eu faço musculação, iria ser julgado um pedido de liberdade condicional ou algo do tipo, para ela ser solta da cadeia. Então, fui à academia acompanhar o julgamento do pedido de liberdade da Mara. Chegando lá, vi que eu não era o único a acompanhar o julgamento e a torcer pela liberdade da minha querida, muitas outras pessoas torciam pela soltura da mãe da Gabi, inclusive muita gente da FATEC. Era até bastante gente para pouco espaço físico, era aquela multidão dividindo espaço com os equipamentos de musculação da academia e com a mesa do promotor (do juiz, do delegado, enfim, do cara que ia deferir ou não o pedido de soltura da Mara), além do próprio promotor e da Mara, que estava do lado da tal mesa. Tanto a multidão quanto a Mara (e eu também, obviamente) estavam ansiosos pela resposta do promotor, que vestia terno. Depois de esperar por vários minutos (acho que mais de uma hora), o promotor deu a tão esperada resposta. O filho da puta indeferiu o pedido de soltura da Mara e esta começou a chorar muito. Ela chorou igual a Nanda da novela das oito. A cena foi de partir o coração, e partiu não só o meu, mas o de toda a multidão, que começou a protestar contra a decisão do oficial, chiando muito e depredando os equipamentos da academia. Eu mesmo peguei o aparelho de puxar o peso para baixo (até hoje eu não sei o nome do aparelho) e o virei, derrubando-o, tamanha era a minha indignação. Depois daquele quebra-pau e de eu já ter voltado para casa, pensei comigo mesmo: “Pôxa vida, uma menina tão novinha e já tá na cadeia! Mas qual será o crime que ela cometeu para estar atrás das grades? E como é que vai ficar a filhinha dela?” Fiquei com muita pena da Mara, foi triste ver alguém que eu amo tanto naquela situação. Posteriormente, fui visitar a Mara na cadeia mais uma vez, para ver como ela andava, como ela se sentia, para falar com ela, para fazer companhia a ela. Ela parecia estar mais conformada com a decisão do filho da… Quer dizer, do promotor de indeferir o pedido de sua soltura, mas falava em tom triste e sem sorrir. Fiz companhia para a Mara e conversei com ela (sem entrar na cela onde ela ficava, no sonho todo eu sempre fiquei do lado de fora da cela) durante um certo tempo. Quando tava quase acabando o tempo de visita, a Mara me disse que faltavam apenas dez dias para ela terminar de cumprir a pena e de ser solta. Fiquei bastante aliviado e contente com a notícia e saí de lá um pouco mais feliz. Não cheguei a ver a Mara sendo solta, pois o sonho acabou antes disso acontecer. Acho que minha situação perante a Mara deve ter influenciado o conteúdo desse sonho. Coisas do coração mesmo. E preocupação também. Preocupação devido ao fato de eu não saber o que se passa com minha irmã lá na casa dela. Faz semanas e semanas que eu não a vejo. Fico imaginando como ela deve estar agora. Bom, eu só espero que isto não seja premonição…

Até o próximo post, internautas, e um enorme beijo para a personagem principal deste sonho!

Anúncios

Comente este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s